Adeus Lionhead Studios

Há muito tempo, comprei um Xbox (o primeiro modelo, aquele caixão), e vi algumas análises em revistas de um jogo chamado Fable: The Lost Chapters, que seria uma versão melhorada do jogo Fable, através desse universo, comecei a conhecer o estúdio Lionhead, que ontem (dia 29 de Abril) foi fechado.


Logo do estúdio Lionhead

Logo do estúdio Lionhead

Mas o que diferenciava Fable de outros jogos, ou o que diferenciava a Lionhead? Talvez seja a visão e paixão de Peter Molyneux para mudar a forma de como jogávamos games.

Quando Black & White foi criado (primeiro jogo do estúdio, lançado em 2001 em que você era um “deus” de nativos em uma ilha), todos viram que era um ótimo game, e que dava ao jogador a liberdade de decidir entre o bem ou o mal, ser um herói ou um vilão. Por isso, que algo me chamava a atenção em Fable, quando o comprei, percebi a profundidade do jogo, e em como uma ação simples poderia alterar a personalidade do personagem e a reação de outras pessoas ao interagir com elas.

Capa do jogo Fable Lost Chapters

Capa do jogo Fable Lost Chapters

Mas desde esse jogo, parei de acompanhar a série Fable (talvez por não ser tão fã de gêneros que envolvem RPG), mas acompanhava de longe os trabalhos da Lionhead. Vi o trailer do mais novo trabalho, o Fable Legends na E3 2015.

Acabei ficando surpreso com a notícia que circulava sobre o fechamento do estúdio, todos sabemos como uma corporação trabalha, e que muitas das vezes, estúdios bons são fechados, talvez por não darem algum retorno.

E ontem, verificando em um dos sites que acompanho, a Microsoft (que comprou o estúdio em 2006), encerrou as atividades deles oficialmente. Abaixo o trecho retirado do CheatCC:

“Vou começar com a declaração oficial da Microsoft:. “Nós podemos confirmar que depois de muita consideração durante o período de consulta de seis semanas com os funcionários Lionhead, chegamos a decisão de fechar Lionhead Studios. Não temos muito o que fazer, mas devemos agradecimentos de coração para a equipe da Lionhead por suas contribuições significativas para Xbox e a indústria de jogos”. Diga o que quiser sobre Peter Molyneux e suas promessas elevadas, ou sobre Fable Legends e a direção questionável que Lionhead estava levando a franquia, todos podemos concordar que Lionhead foi um estúdio fundado por um sonhador e cuidada por sonhadores. Na nossa indústria, que é sobre o maior elogio que você pode conceder.

Estou, naturalmente, muito triste em ver Lionhead ir abaixo, mas não quase tão triste quanto os desenvolvedores e os funcionários que têm de dizer adeus um ao outro hoje. O Twitter esta cheio de despedidas e mensagens agridoce de esperança para o futuro.
“Hoje é o último dia oficial de @LionheadStudios: :'(“.
“Encontrar um emprego que você goste e que você nunca vai trabalhar um dia em sua vida – o pai estava certo #RIPLionhead, que memórias temos”
“Me preparando para ir para trabalhar em #Lionhead pela última vez. Uma coisa difícil que eu tenho que fazer. #BestTeamEver. ”
Em seguida, Stuart Whyte publicou “Último dia de Lionhead 🙁 ”
Junto com esse trabalho comovente de arte (foto abaixo) desenhada por Damian Buzugbe, desejo o melhor para toda a equipe, e espero que eles tenham muitas histórias maravilhosas para nós no futuro.”

Só resta esperar que a série Fable, Black & White e o estúdio não caiam no esquecimento pelas mãos da Microsoft.

Adeus Lionhead, obrigado pelos jogos.

Adeus Lionhead

Adeus Lionhead

Fonte: news.cheatcc.com

About Dan_Atilio

Analista e desenvolvedor de sistemas na TOTVS Oeste Paulista Bauru. Técnico em Informática pelo CTI da Unesp. Graduado em Banco de Dados pela Fatec Bauru. Entusiasta de soluções Open Source e blogueiro nas horas vagas. Autor do projeto Terminal de Informação, onde são postados tutoriais e notícias envolvendo o mundo da tecnologia.

2 respostas em “Adeus Lionhead Studios

  1. Peter Molyneux é um grande nome na indústria de games. Acredito que a veia artística nos games que ele sempre imprimiu como game designe vai continuar. Afinal o cara está ai desde o Atari… Quanto a lionhead só nos resta esperar que alguém assuma seu filhos e os crie com carinho.

Deixe uma resposta