Permissões de Arquivos no mundo Linux

Permissões de Arquivos no mundo Linux

Olá pessoal, hoje irei falar um pouco sobre a permissão de arquivos no ambiente Linux, focando nos comandos chmod e chown, e claro mostrando também em ambiente gráfico, e outros comandos.
Esta postagem foi pedida por um amigo meu da faculdade, espero que gostem.


$> Comando chown:
Descrição – O comando chown é usado para alterar o dono de um determinado ficheiro. O comando significa change owner (mudar o dono).
Exemplo – chown usuario arquivo
Observação – Também pode ser usado para setar o grupo, como no exemplo abaixo:
chown -R usuario.grupo /home/usuario, onde -R = Recursivo

$> Comando chgrp:
Descrição – O comando chgrp é utilizado para alterar o grupo associado a um arquivo. Ao contrário do comando chown, chgrp permite a usuários regulares alterar grupos, mas apenas daqueles o qual são membros.
Exemplo – chgrp -R grupo diretorio, onde -R = Recursivo

$> Comando find e xargs:
Descrição – O comando find é um programa de busca de arquivos. Ele procura por um ou mais diretórios na árvore da estrutura do sistema de arquivos, localizando arquivos baseados em um critério estabelecido pelo usuario. Ele também suporta expressões regulares, e pode ser usado para aplicar um certo comando em vários arquivos. Ou seja, posso procurar determinados arquivos e só neles irei aplicar uma mudança de permissões.
Exemplo – find . -type d -print0 | xargs -0 chown -R diretorio, onde -type d = diretório, -print0 = termina o nome dos arquivos com um 0 (pois se tiver alguma pasta com espaço em branco, pode haver problemas neste comando), xargs = comando a ser aplicado

$> Modo Gráfico:
Descrição – Em muitos exploradores (como o dolphin e o nautilus), eles por padrão trazem opção de alteração nas permissões dos diretórios, abaixo irei mostrar no Dolphin um exemplo.
Clique com o botão direito em qualquer arquivo ou diretório e clique em Propriedades:

Vendo as Propriedades
Vendo as Propriedades

Clique sobre a aba Permissões. Agora você pode alterar como você desejar, veja que há informações sobre o grupo, dono, usuários, etc.

Permissões
Permissões

$> Comando chmod:
Descrição – O comando chmod (abreviação de change mode, em português: alterar modo) é um comando usado para alterar permissões de arquivos e diretórios. Tanto pode usar letras como o modo octal para atribuir permissões.
Exemplo – chmod 750 arquivo.txt, onde 7 é a permissão máxima, dada ao usuário, 5 é a forma de permissão para o grupo e 0 é a permissão para outros usuários. No caso se eu usasse chmod 777 ___, daria permissão total, para tudo e todos. E caso eu queira utilizar uma forma que não seja octal, digito chmod ugo-rwx ____, no qual, ugo = usuário, grupo, outros, e rwx = leitura, escrita e execução.

Lembrando pessoal, que alterem os arquivos, pastas, etc com cuidado, não saiam alterando tudo, porque pode ser perigoso para o sistema e para você também.

Bom pessoal, por hoje é só, qualquer dúvida, podem entrar em contato.
Abraços e até a próxima.

About Dan_Atilio

Analista e desenvolvedor de sistemas. Técnico em Informática pelo CTI da Unesp. Graduado em Banco de Dados pela Fatec Bauru. Entusiasta de soluções Open Source e blogueiro nas horas vagas. Autor do projeto Terminal de Informação, onde são postados tutoriais e notícias envolvendo o mundo da tecnologia.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: