Manipulando Arquivos Texto no Terminal Linux

Olá pessoal…

Hoje irei mostrar como criar, editar e salvar arquivos texto pelo terminal Linux, utilizando os comandos nano e cat.


Pessoal, irei utilizar um arquivo texto, com o seguinte conteúdo:

“O blog Terminal de Informação (Projeto ‘TI’), foi criado para compartilhar ideias e informações para outros usuáios, sendo que o foco será em:

$> Linux (distros, configurações, tutoriais, etc focando na distro OpenSUSE)
$> Windows (configurações, tutoriais, etc)
$> Mozilla (projetos da Mozilla como Firefox, Thunderbird e Firefox OS)
$> Desenvolvimento (sintaxes e outras coisas a mais das linguagens C/C++ e Java)
$> Programas (tutoriais de instalação e configuração de programas essenciais e complementares do dia-a-dia)

Dentre outros assuntos a mais.
Espero que gostem do blog.
Sugestões, Críticas ou outras ideias, podem entrar em contato comigo.

$> Cat:
O Comando Cat serve para mostrar o conteúdo de um arquivo texto, sem precisar abrí-lo, seu uso é:

> cat arquivo.txt

Abaixo um exemplo utilizado:

Exemplo - Cat

Exemplo – Cat

Caso queira ver as opções disponíveis, utilize:

> cat --help

Dessa forma será mostrada uma lista de opções disponíveis, como por exemplo, a cada fim de linha mostrar um cifrão.
Portanto o comando cat, serve para visualizar o conteúdo do arquivo texto, por exemplo, você está no terminal sem acesso a ambiente gráficos e tem que verificar alguns logs do sistema, você não vai abrí-los em modo de edição só para conferir, correto? Para isso existe o cat, que apenas mostra a visualização corrente, lembrando que é possível utilizar em outros arquivos sem ser .txt, como .c, .java, etc.

$> Nano:
O comando nano, serve para editar/criar arquivos texto, nessa postagem não irei falar do vim/vi, pois pretendo fazer uma postagem específica para aquele editor. Para utilizar o nano é bem simples basta, utilizar o comando, seguido pelo nome do arquivo:

> nano arquivo.txt

Será aberto então, uma tela com a visualização do arquivo:

Exemplo - Nano

Exemplo – Nano

Caso queira ver as opções disponíveis, utilize:

> nano --help

Abaixo, uma lista de comandos que podem ser utilizados no nano (também ficam no rodapé do programa):

Comando Descrição
Ctrl+G Abre Ajuda / Help
Ctrl+X Sair da edição do arquivo
Ctrl+O Salva o arquivo
Ctrl+J Justifica o texto da linha atual
Ctrl+R Ler arquivo para inserção
Ctrl+W Localizar texto
Ctrl+Y Posiciona na página anterior
Ctrl+V Posiciona na página posterior
Ctrl+K Recorta Texto
Ctrl+U Cola Texto
Ctrl+C Mostra a posição atual (linha/coluna)
Ctrl+T Checagem ortográfica (se tiver plugins instalados)

Lembrando pessoal que os atalhos de copiar e colar são usados como na Distro, por exemplo, no OpenSUSE, é utilizado o Ctrl+Shift+C para copiar e o Ctrl+Shift+V para colar, esses atalhos também podem ser utilizados, além de teclas padrão, como Home, End, etc…

Bom pessoal, por hoje é só.
Abraços e até a próxima.

About Dan_Atilio

Analista e desenvolvedor de sistemas na TOTVS Oeste Paulista Bauru. Técnico em Informática pelo CTI da Unesp. Graduado em Banco de Dados pela Fatec Bauru. Entusiasta de soluções Open Source e blogueiro nas horas vagas. Autor do projeto Terminal de Informação, onde são postados tutoriais e notícias envolvendo o mundo da tecnologia.

14 respostas em “Manipulando Arquivos Texto no Terminal Linux

  1. Dan_Atilio
    Dan, sou novo no linux e usuário superficial de informática. Uso Ubuntu 14.04. Preciso, para fins de estudo extrair os conteúdos de tutos, tipo help, transformá-los em texto imprimíveis pra estudá-los.
    O terminal do ubuntu pra mim é desconhecido ainda. Há como chegar ao que quero por ele ou há outro caminho.
    Grato.

    • Boa noite Carlos.
      Se você utiliza o modo gráfico, pode abrir com aplicativos como kate, kwrite ou gedit. Agora se quer utilizar o terminal, utilize ou o nano, ou o vim.
      O nano, para salvar, é só utilizar o atalho Ctrl+O, e para editar, digite o seguinte comando:
      $> nano seuarquivo.txt

      Já o vim, para utilizá-lo, basta digitar o seguinte comando no terminal:
      $> vim seuarquivo.txt

      Abaixo alguns detalhes sobre o vim:
      – Para alterar para o modo de inserção/insert aperte [i], porém o cursor ele permanece com o mesmo cursor do modo de navegação
      – Para voltar para navegação, aperte [ESC]
      – Para inserir porém na última linha disponível, aperte [o]
      – Para o modo de comandos, aperte [:]
      – Por exemplo, se for [:w] ele salva e permanece no arquivo
      – Por exemplo, se for [:wq] ele salva sai do arquivo
      – Por exemplo, se for [:q] ele sai do arquivo
      – Por exemplo, se for [:q!] ele sai bruscamente do arquivo

      Espero ter ajudado.
      Abraços.

    • Boa tarde Gutemberg, tudo bem?
      Nesse caso, utilize o caminho completo do arquivo, por exemplo:
      cat /home/atilio/-teste_terminal.txt

      Um grande abraço.

  2. Caro amigo… Estou com um desafio em mãos…

    Tenho arquivos chamado GrupoTeste

    Dentro deste arquivo está:
    usuario.teste

    Além de vários outros.

    Preciso usar sed, cat ou seja lá que mágica for, para gerar um saída com 6 parametros:

    1 – username = usuario.teste
    2 – givenname = Usuario
    3 – surname = Teste
    4 – ou = Teste
    5 – group = GrupoTeste
    6 – password = usuario@teste

    Obrigado se puder me ajudar…

    Abraço

    • Boa noite Gilberto, tudo bem?

      Rapaz, nesse caso desconheço como fazer, caso se você consiga, entre em contato.

      Agora, se você souber Shell Script ou até mesmo Linguagem C, daria para fazer alguma aplicação que leria o arquivo, e atribuiria os dados em variáveis para você mostrar ou montar da forma que desejar.

      Um grande abraço.

Deixe uma resposta