Como definir os aplicativos padrão no KDE

Como definir os aplicativos padrão no KDE

Olá pessoal…

Hoje irei mostrar como alterar programas de uso padrão em distros Linux que utilizam o ambiente gráfico KDE.


Primeiramente abra as configurações do KDE, clicando no botão de KickOff e procurando as configurações, ou pressionando Alt+F2 e digitando “systemsettings” (sem aspas).

Procurando as configurações do sistema
Procurando as configurações do sistema

Na divisão “Comportamento e aparência do espaço de trabalho”, abra o aplicativo “Aplicativos padrão”.

Escolhendo a opção de Aplicativos Padrão
Escolhendo a opção de Aplicativos Padrão

Abaixo um exemplo de configuração, setando o aplicativo padrão para abertura de pastas, ao invés de Konqueror, setando o Dolphin.

Exemplo de Configuração
Exemplo de Configuração

Bom pessoal, por hoje é só.
Abraços e até a próxima.

About Dan_Atilio

Analista e desenvolvedor de sistemas. Técnico em Informática pelo CTI da Unesp. Graduado em Banco de Dados pela Fatec Bauru. Entusiasta de soluções Open Source e blogueiro nas horas vagas. Autor do projeto Terminal de Informação, onde são postados tutoriais e notícias envolvendo o mundo da tecnologia.

4 comentários em “Como definir os aplicativos padrão no KDE

  1. Olá,
    Desejo complementar esta informação sobre aplicativos padrão no KDE com o seguinte.
    Como as configurações da opção “Aplicativos Padrão” são bem simples, não há uma opção permitindo escolher os aplicativos padrão para arquivos de vídeo e imagens, ou seja, caso o usuário tenha o VLC e o SMPLAYER (players de áudio/video) e o GIMP e GWENVIEW (visualizadores/editores de imagens), para isso, o usuário deverá usar a opção “Associação de arquivos” na página de “Configurações do Sistema” para escolher qual será o programa padrão para extensão /MIME específica. Em “Associação de arquivos” podem ser setados os aplicativos padrão para todos os tipos de MIME, sendo possível adicionar outras que não são reconecidas pelo sistema. Além disso, existem outras formas para setar os aplicativos padrão, seja editando ou criando arquivos de associação de mimes ou por linha de comando. Mais informações podem ser emcontradas em https://wiki.archlinux.org/index.php/default_applications e em https://wiki.archlinux.org/index.php/Xdg-open.

  2. Parabéns pelo artigo, embora simples, é de extrema utilidade para usuários iniciantes no Linux com EU. Pois encontrar muitas vezes informações básicas e simples é complicado. Eu obviamente já tinha configurado muitas coisas no System Settings, mas não tive atenção em ver que ele possuia opção para configurar aplicações padrões, e eu queria tirar o Dolphin da jogada, então eu artigo foi muito útil pra mim! Obrigado!

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: