Criando tabelas, campos e índices “a quente” no Protheus

Olá pessoal…

Hoje vou mostrar como criar tabelas, campos e índices no Protheus via código fonte.


O processo é simples, criei um fonte chamado zCriaTab, que é responsável por atualizar o Dicionário de Dados (SX2, SX3 e SIX), basta então, enviar as informações para ele (no caso fiz uma função teste, chamada zTstTab).
Basicamente então, você deve compilar o zCriaTab em seu ambiente, e criar outra rotina que irá enviar as informações necessárias para criação das tabelas.
Abaixo o fonte zCriaTab.

//Bibliotecas
#Include "Protheus.ch"

//Constantes usadas na criação dos campos
#Define _X3_USADO 		"€€€€€€€€€€€€€€ "
#Define _X3_USFILIAL 	"€€€€€€€€€€€€€€€"
#Define _X3_RESERV 		"þA"
#Define _X3_OBRIGA 		"€"
#Define _X3_NAO_OBRIGA 	""

/*/{Protheus.doc} zCriaTab
Função para criação das tabelas e/ou campos
@author Atilio
@since 06/08/2015
@version 1.0
	@param aSX2, Array, Dados do Dicionário
	@param aSX3, Array, Dados dos Campos
	@param aSIX, Array, Dados da SIX
	@example
	u_zCriaTab()
	@obs Abaixo a estrutura dos arrays:
	SX2:
		[01] - Chave
		[02] - Descrição
		[03] - Modo
		[04] - Modo Un.
		[05] - Modo Emp.
	SX3:
		[nLinha][01] - Campo
		[nLinha][02] - Filial?
		[nLinha][03] - Tamanho
		[nLinha][04] - Decimais
		[nLinha][05] - Tipo
		[nLinha][06] - Título
		[nLinha][07] - Descrição
		[nLinha][08] - Máscara
		[nLinha][09] - Nível
		[nLinha][10] - Vld.User
		[nLinha][11] - Usado?
		[nLinha][12] - Ini.Padr.
		[nLinha][13] - Cons.F3
		[nLinha][14] - Visual
		[nLinha][15] - Contexto
		[nLinha][16] - Browse
		[nLinha][17] - Obrigatório?
		[nLinha][18] - Lista Opções
		[nLinha][19] - Modo de Edição
		[nLinha][20] - Ini Browse
		[nLinha][21] - Pasta
	SIX:
		[nLinha][01] - Índice
		[nLinha][02] - Ordem
		[nLinha][03] - Chave
		[nLinha][04] - Descrição
		[nLinha][05] - Propriedade
		[nLinha][06] - NickName
		[nLinha][07] - Mostr.Pesq
/*/

User Function zCriaTab(aSX2, aSX3, aSIX)
	Local aArea := GetArea()
	Local aAreaX2 := SX2->(GetArea())
	Local aAreaX3 := SX3->(GetArea())
	Local aAreaIX := SIX->(GetArea())
	Local cTabAux := aSX2[1]
	Local lTabCriada := .F.
	Local lTemAltera := .F.
	Local cMsgAux := ""
	Local nAtual := 0
	Local cOrdemAux := ""
	
	//Setando os índices
	SX2->(dbSetOrder(1)) // X2_CHAVE
	SX3->(dbSetOrder(2)) // X3_CAMPO
	SIX->(dbSetOrder(1)) // INDICE+ORDEM
	
	//Se não conseguir posicionar na tabela, irá criá-la
	SX2->(DbSetOrder(1))
	If !SX2->(DbSeek(cTabAux))
		RecLock("SX2", .T.)
			SX2->X2_CHAVE		:=	cTabAux
			SX2->X2_PATH		:=	"\data\"
			SX2->X2_ARQUIVO	:=	cTabAux+SM0->M0_CODIGO+"0"
			SX2->X2_NOME		:=	aSX2[2]
			SX2->X2_NOMESPA	:=	aSX2[2]
			SX2->X2_NOMEENG	:=	aSX2[2]
			SX2->X2_ROTINA	:=	""
			SX2->X2_MODO		:=	aSX2[3]
			SX2->X2_MODOUN	:=	aSX2[4]    
			SX2->X2_MODOEMP	:=	aSX2[5]
			SX2->X2_DELET		:=	0
			SX2->X2_TTS		:=	""
			SX2->X2_UNICO		:=	""
			SX2->X2_PYME		:=	""
			SX2->X2_MODULO	:=	0
		SX2->(MsUnlock())
	
		lTabCriada := .T.
	Else
		lTabCriada := .T.
	EndIf
	
	//Se a tabela tiver sido criada
	If lTabCriada
		//Percorrendo os campos
		For nAtual := 1 To Len(aSX3)
			If !SX3->(DbSeek(aSX3[nAtual][01]))
				fProxSX3(cTabAux, @cOrdemAux)
								
				//Se for campo de filial, trata de forma diferente
				If aSX3[nAtual][02]
					RecLock("SX3", .T.)
						SX3->X3_ARQUIVO	:=	cTabAux
						SX3->X3_ORDEM		:=	cOrdemAux
						SX3->X3_CAMPO		:=	aSX3[nAtual][01]
						SX3->X3_TIPO		:=	aSX3[nAtual][05]
						SX3->X3_TAMANHO	:=	aSX3[nAtual][03]
						SX3->X3_DECIMAL	:=	aSX3[nAtual][04]
						SX3->X3_TITULO	:=	aSX3[nAtual][06]
						SX3->X3_TITSPA	:=	aSX3[nAtual][06]
						SX3->X3_TITENG	:=	aSX3[nAtual][06]
						SX3->X3_DESCRIC	:=	aSX3[nAtual][07]
						SX3->X3_DESCSPA	:=	aSX3[nAtual][07]
						SX3->X3_DESCENG	:=	aSX3[nAtual][07]
						SX3->X3_PICTURE	:=	aSX3[nAtual][08]
						SX3->X3_USADO		:=	_X3_USFILIAL
						SX3->X3_RESERV	:=	"€€"
						SX3->X3_GRPSXG	:=	"033"
						SX3->X3_PYME		:=	"S"
						SX3->X3_IDXSRV	:=	"N"
						SX3->X3_ORTOGRA	:=	"N"
						SX3->X3_IDXFLD	:=	"N"
						SX3->X3_BROWSE	:=	"N"
						SX3->X3_NIVEL		:=	aSX3[nAtual][09]
					SX3->(MsUnlock())
					
				//Senão cria o campo
				Else
					RecLock("SX3", .T.)
						SX3->X3_ARQUIVO	:=	cTabAux
						SX3->X3_ORDEM		:=	cOrdemAux
						SX3->X3_CAMPO		:=	aSX3[nAtual][01]
						SX3->X3_TIPO		:=	aSX3[nAtual][05]
						SX3->X3_TAMANHO	:=	aSX3[nAtual][03]
						SX3->X3_DECIMAL	:=	aSX3[nAtual][04]
						SX3->X3_TITULO	:=	aSX3[nAtual][06]
						SX3->X3_TITSPA	:=	aSX3[nAtual][06]
						SX3->X3_TITENG	:=	aSX3[nAtual][06]
						SX3->X3_DESCRIC	:=	aSX3[nAtual][07]
						SX3->X3_DESCSPA	:=	aSX3[nAtual][07]
						SX3->X3_DESCENG	:=	aSX3[nAtual][07]
						SX3->X3_PICTURE	:=	aSX3[nAtual][08]
						SX3->X3_VLDUSER	:=	aSX3[nAtual][10]
						SX3->X3_VALID		:=	""
						SX3->X3_USADO		:=	Iif(aSX3[nAtual][11], _X3_USADO, _X3_USFILIAL)
						SX3->X3_RELACAO	:=	aSX3[nAtual][12]
						SX3->X3_F3			:=	aSX3[nAtual][13]
						SX3->X3_NIVEL		:=	aSX3[nAtual][09]
						SX3->X3_RESERV	:=	_X3_RESERV
						SX3->X3_CHECK		:=	""
						SX3->X3_TRIGGER	:=	""
						SX3->X3_PROPRI	:=	"U"
						SX3->X3_VISUAL	:=	aSX3[nAtual][14]
						SX3->X3_CONTEXT	:=	aSX3[nAtual][15]
						SX3->X3_BROWSE	:=	aSX3[nAtual][16]
						SX3->X3_OBRIGAT	:=	Iif(aSX3[nAtual][17], _X3_OBRIGA, _X3_NAO_OBRIGA)
						SX3->X3_CBOX		:=	aSX3[nAtual][18]
						SX3->X3_CBOXSPA	:=	aSX3[nAtual][18]
						SX3->X3_CBOXENG	:=	aSX3[nAtual][18]
						SX3->X3_PICTVAR	:=	""
						SX3->X3_WHEN		:=	aSX3[nAtual][19]
						SX3->X3_INIBRW	:=	aSX3[nAtual][20]
						SX3->X3_GRPSXG	:=	""
						SX3->X3_FOLDER	:=	aSX3[nAtual][21]
						SX3->X3_PYME		:=	"S"
						SX3->X3_CONDSQL	:=	""
						SX3->X3_IDXSRV	:=	"N"
						SX3->X3_ORTOGRA	:=	"N"
						SX3->X3_IDXFLD	:=	"N"   
						SX3->X3_TELA		:=	""
					SX3->(msUnlock())  
				EndIf
				lTemAltera := .T.
			EndIf
		Next
		
		//Percorrendo os índices
		For nAtual := 1 To Len(aSIX)
			//Se não conseguir posicionar, quer dizer que não existe o índice, logo será criado
			If ! SIX->(DbSeek(aSIX[nAtual][1] + aSIX[nAtual][2]))
				RecLock("SIX", .T.)
					SIX->INDICE		:=	aSIX[nAtual][1]
					SIX->ORDEM			:=	aSIX[nAtual][2]
					SIX->CHAVE			:=	aSIX[nAtual][3]
					SIX->DESCRICAO	:=	aSIX[nAtual][4]
					SIX->DESCSPA		:=	aSIX[nAtual][4]
					SIX->DESCENG		:=	aSIX[nAtual][4]
					SIX->PROPRI		:=	aSIX[nAtual][5]
					SIX->F3			:=	""
					SIX->NICKNAME		:=	aSIX[nAtual][6]
					SIX->SHOWPESQ		:=	aSIX[nAtual][7]
				SIX->(MsUnlock())
				lTemAltera := .T.
			EndIf
		Next
		
		//Se tiver alterações em campo e/ou índices
		if lTemAltera
			//Bloqueia alterações no Dicionário
			__SetX31Mode(.F.)
			
			//Se a tabela tiver aberta nessa seção, fecha
			If Select(cTabAux) > 0
				(cTabAux)->(DbCloseArea())
			EndIf
		
			//Atualiza o Dicionário
			X31UpdTable(cTabAux)
			
			//Se houve Erro na Rotina
			If __GetX31Error()
				cMsgAux := "Houveram erros na atualização da tabela "+cTabAux+":"+Chr(13)+Chr(10)
				cMsgAux += __GetX31Trace()
				Aviso('Atenção', cMsgAux, {'OK'}, 03)
			EndIf                                                         
			
			//Abrindo a tabela para criar dados no sql
			DbSelectArea(cTabAux)
			
			//Desbloqueando alterações no dicionário
			__SetX31Mode(.T.)
		endif
	EndIf
	
	RestArea(aAreaIX)
	RestArea(aAreaX3)
	RestArea(aAreaX2)
	RestArea(aArea)
Return

/*---------------------------------------------------------------------*
 | Func:  fProxSX3                                                     |
 | Autor: Daniel Atilio                                                |
 | Data:  06/08/2015                                                   |
 | Desc:  Função que pega a próxima sequencia da SX3                   |
 *---------------------------------------------------------------------*/

Static Function fProxSX3(cTabela, cOrdem)
	Local aArea := GetArea()
	Local aAreaX3 := SX3->(GetArea())
	Default cOrdem := ""
	
	//Se não vir ordem, irá percorrer a SX3 para encontrar a ordem atual
	If Empty(cOrdem)
		SX3->(DBSetOrder(1)) //TABELA
		
		//Se conseguir posicionar na tabela
		If SX3->(DBSeek(cTabela))
			//Enquanto houver registros e for a mesma tabela
			While !SX3->(EoF()) .AND. SX3->X3_ARQUIVO == cTabela
				cOrdem := SX3->X3_ORDEM

				SX3->(DBSkip())
			EndDo
		Else
			cOrdem := "00"
		EndIf
		cOrdem := Soma1(cOrdem)
		
	//Senão, irá somar 1, pois a tabela não tem nenhuma ordem
	Else
		cOrdem := Soma1(cOrdem)
	EndIf
	
	RestArea(aAreaX3)
	RestArea(aArea)
Return

/*/{Protheus.doc} zExistSIX
Função que verifica se o indice já existe, setando a última sequencia disponível
@author Atilio
@since 31/08/2015
@version 1.0
	@param cTabela, Caracter, Tabela buscada
	@param cNickName, Caracter, NickName do índice buscado
	@param cSequen, Caracter, Última sequencia disponível dos índices
	@return lExist, Retorna se o índice já existe ou não
	@example
	u_zExistSIX('SB1', 'CAMPO', @cOrdem)
/*/

User Function zExistSIX(cTabela, cNickName, cSequen)
	Local aAreaSIX := SIX->(GetArea())
	Local lExist := .F.
	Local cSequen := "1"
	
	SIX->(DbSetOrder(1)) //Indice + Ordem
	SIX->(DbGoTop())
	
	//Se conseguir posicionar na tabela
	If SIX->(DbSeek(cTabela))
		//Enquanto não for fim da tabela e for o mesmo índice
		While ! SIX->(EoF()) .And. SIX->INDICE == cTabela
			//Se tiver o mesmo apelido, já existe o índice
			If Alltrim(SIX->NICKNAME) == Alltrim(cNickName)
				lExist := .T.
			EndIf
		
			cSequen := SIX->ORDEM
			SIX->(DbSkip())
		EndDo
		cSequen := Soma1(cSequen)
	EndIf

	RestArea(aAreaSIX)
Return lExist

Esses e outros códigos, estão disponíveis gratuitamente no nosso GitHub, acesse em github.com/dan-atilio/AdvPL.

Depois se quiser, basta conferir na sua base de dados, se os campos estão criados.

Verificando campos criados
Verificando campos criados

Obs.: Ressalto que, para criação de novos campos em tabelas já existentes (como foi o caso da SB1), a tabela não pode estar sendo utilizada, senão, na SX3 (campo) ou SIX (índice), estará criada a informação, mas não no banco, portanto não rode se a tabela estiver sendo usada.

Bom pessoal, por hoje é só.
Abraços e até a próxima.

About Dan_Atilio

Analista e desenvolvedor de sistemas. Técnico em Informática pelo CTI da Unesp. Graduado em Banco de Dados pela Fatec Bauru. Entusiasta de soluções Open Source e blogueiro nas horas vagas. Autor do projeto Terminal de Informação, onde são postados tutoriais e notícias envolvendo o mundo da tecnologia.

4 opiniões sobre “Criando tabelas, campos e índices “a quente” no Protheus

Deixe uma resposta