Como instalar e configurar o SVN no TDS

Como instalar e configurar o SVN no TDS

Olá pessoal…

Hoje vou mostrar para vocês como configurar e utilizar o SVN no TDS.

Recomendo que leia antes e execute os passos de como instalar um servidor SVN, que explico através desse link – Como instalar e configurar um servidor de subversão (SVN), nesse link também é explicado como funciona e o motivo de utilizarmos SubVersão no desenvolvimento de fontes.

Como BOA PRÁTICA, recomenda-se sempre ao iniciar um dia de serviço dar um UPDATE no projeto para pegar todas as alterações feitas, e após o término e validação do fonte, sempre dar um COMMIT para sempre o repositório estar atualizado.

Instalação dos plugins do SVN no TDS:

1. Clique em Ajuda > Instalar novo Programa.

Instalação de novos programas
Instalação de novos programas

2. Clique em Adicionar, o nome do repositório será Subversive e o link será http://download.eclipse.org/technology/subversive/1.1/update-site/.

Repositório Subversive
Repositório Subversive

3. Abra esse repositório adicionado, e cheque o recurso Subversive SVN Team Provider.

Plugin SVN Team Provider
Plugin SVN Team Provider

4. Abra novamente a instalação de novo Programa, e clique em Adicionar, o nome do repositório será Polarion, e o link será http://community.polarion.com/projects/subversive/download/eclipse/3.0/update-site/.

Repositório Polarion
Repositório Polarion

5. Escolha esse repositório, e escolha a instalação do recurso SVNKit 1.8.4 Implementation.

Plugin SVNKit
Plugin SVNKit

Criando um novo repositório no SVN

1. Primeiramente crie um novo repositório, no nosso caso, escolhemos o nome teste_tds.

Criando projeto no SVN
Criando projeto no SVN

2. Crie como um repositório em branco.

Escolhendo a opção repositório em branco
Escolhendo a opção repositório em branco

3. Anote o caminho do repositório.

Pegando o link do SVN
Pegando o link do SVN

4. Se desejar, abra o navegador, e veja se o repositório aparece lá.

Verificando no navegador o repositório criado
Verificando no navegador o repositório criado

Criando um novo projeto no SVN pelo TDS

1. Pelo TDS, clique com o botão direito na área de navegação de fontes, e vá em Novo Projeto.

Opção Novo Projeto
Opção Novo Projeto

2. Selecione a opção Project from SVN.

Escolhendo projeto do SVN
Escolhendo projeto do SVN

3. Coloque os dados de conexão (como usuário e senha).

Inserindo as informações
Inserindo as informações

4. Confirme a url, e coloque a revisão como a revisão atual (Head Revision).

Confirmando os dados
Confirmando os dados

5. Na tela de checkout, cheque a opção que irá utilizar um novo projeto.

Checando como um novo projeto
Checando como um novo projeto

6. Escolha a opção Projeto TOTVS

Colocando como Projeto TOTVS
Colocando como Projeto TOTVS

7. Defina um nome para o Projeto, e prossiga.

Definindo um nome para o projeto
Definindo um nome para o projeto

8. Finalizando, o projeto será criado.

Projeto criado
Projeto criado

Adicionando um projeto já criado no SVN no TDS

1. Para importar um projeto que já existe no SVN, clique em Novo Projeto.

Opção de Novo Projeto
Opção de Novo Projeto

2. Selecione a opção, Projeto do SVN

Projeto do SVN
Projeto do SVN

3. Coloque as definições do svn e prossiga.

Definindo dados do projeto
Definindo dados do projeto

4. Escolha a revisão atual (head Revision)

Setando a revisão
Setando a revisão

5. Escolha a opção de baixar conforme o nome do projeto especificado.

Pegando do projeto já existente
Pegando do projeto já existente

6. Deixe checado a workspace default

Definindo workspace padrão
Definindo workspace padrão

7. Agora é só utilizar seu projeto

Projeto importado
Projeto importado

Utilizando o SVN no TDS

Quase tudo que podemos utilizar no SVN, fica no menu Equipe, do TDS.

Menu Equipe
Menu Equipe

Caso você queira substituir todos os fontes para o mais recente (se tiver algum fonte com bug), use o Substituir por Latest from Repository. Ele é diferente do UPDATE, o update baixa os fontes e faz um merge, mantendo que você ainda não commitou no projeto, o Replace, ele pega tudo que tem no server, e substitui no seu projeto, SÓ USE ELE SE REALMENTE ESTIVER COM PROBLEMAS EM ALGUM RECURSO.

Substituir pela última versão do Repositório
Substituir pela última versão do Repositório

Para enviar as alterações ao servidor, utilizamos a opção Commit. E para baixar, utilizamos a opção Update.

Dando um commit nos fontes
Dando um commit nos fontes

Quando existe algum fonte ou pasta sem commitar ou com alguma alteração pendente, é mostrado um sinal de “>” antes do arquivo.

Fontes que faltam commitar para o servidor
Fontes que faltam commitar para o servidor

Para verificar um histórico de fontes, clique com o botão direito na pasta ou fonte, e vá em Equipe > Show History. Caso queira comparar alguma revisão, clique com o botão direito no dia do commit, e depois em comparar.

Menu para comparação de fontes
Menu para comparação de fontes

A comparação, mostra dos dois lados, os fontes, e as alterações que tiveram entre si.

Fontes sendo comparados
Fontes sendo comparados

Por último, se precisar, no servidor SVN, você consegue ver tabmém que existem fontes e pastas lá dentro.

Print do repositório no SVN
Print do repositório no SVN

Bom pessoal, por hoje é só.
Abraços e até a próxima.

About Dan_Atilio

Analista e desenvolvedor de sistemas. Técnico em Informática pelo CTI da Unesp. Graduado em Banco de Dados pela Fatec Bauru. Entusiasta de soluções Open Source e blogueiro nas horas vagas. Autor do projeto Terminal de Informação, onde são postados tutoriais e notícias envolvendo o mundo da tecnologia.

8 comentários em “Como instalar e configurar o SVN no TDS

    1. Então Ronaldo, depende de cada contexto.
      Para um ambiente corporativo que tenha segredos em fontes (como senhas de acesso), não recomendo utilizar o GitHub, já que esses fontes estarão disponíveis no Google, talvez seja ideal utilizar outro serviço como o BitBucket, ou como citei instalar um servidor de SVN.
      Para se ter uma noção, um dia procurando um ponto de entrada no Google, achei todos os fontes de uma empresa grande (grande mesmo), na época que eu era analista da TOTVS, todos esses fontes estavam liberados para qualquer um ver, sendo que tinha senhas nos fontes, e-Mails, acesso ao FTP, etc…
      Espero ter ajudado.
      Um grande abraço.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: