Crônicas de um ex Consultor – O dia em que eu fui no meu primeiro projeto bomba

Era uma manhã, coordenador chega pra mim e fala, viu, você vai cobrir as férias do outro analista, você vai no cliente resolver umas coisas do faturamento.

Mal sabia eu, que naquela dia minha vida iria mudar…

Eu estava trabalhando na TOTVS fazia pouco tempo como analista, sendo que apesar de eu mexer com o AdvPL, meu antigo coordenador sempre incentivava para a equipe ver regras de negócio, e para mim era normal ir em clientes e desenvolver in loko no ambiente. No caso, quando ele falou que eu iria no cliente resolver essas coisas, quando ele falou o nome do cliente, pareceu que o tempo parou, e eu só ouvia os comentários por perto “Vixe”, “Tá Frito”, “Nossa, bem nesse cliente”, “Coitado” e por último “Esse gordinho vai até perder a banha” rs.

Bora suar a camisa rs

Já deu para imaginar como ficou meu psicológico né, fiquei com um baita medo. Aconteceu que o analista responsável iria sair de férias, e eu teria que resolver 3 coisas nesse lugar, uma integração com Coletor TelNet (nunca tinha mexido), uma integração de Pedido de Vendas (na época eu não sabia nem o que era TES rs) e tudo que aparecesse de customização eu teria que analisar e resolver rs…

Como analista de campo, esse foi o segundo projeto grande que peguei, e a questão era que, a complexidade das rotinas desenvolvidas eram grandes, e o ambiente em si também era bem estressante. Eu comecei a ir nesse cliente toda a semana, e quanto mais mexia, mais parecia que não teria fim no projeto rs…

Resolvendo as customizações

A verdade é que depois de tempos indo lá, eu comecei a gostar do ambiente, e eles também gostavam bastante de mim, pediam sempre minhas agendas, e tínhamos um relacionamento bom.

Porém o dono era um pouco bipolar. Hora ele estava bem, e hora ele estava estressado, pessoalmente eu cheguei a presenciar poucas vezes os ataques de fúria, como por exemplo, em uma reunião com o pessoal de outras filiais, onde ele descascou o termo nesse pessoal, e inclusive outro consultor da TOTVS estava nesse dia, ai depois dessa reunião, esse consultor não sei se estava distraído, ou o que, mas ele não reparou nada rs (esse outro consultor tinha o apelido de “Inabalável”)…

Odin, o Inabalável

Por fim, fiquei indo nesse cliente cerca de 1 ano e meio, desenvolvi bastante coisas lá, participei de vários processos, peguei uma grande amizade com o pessoal, e principalmente aprendi muito, apesar de ter apanhado bastante rs, valeu todo o aprendizado.

Esse é um artigo da coluna, Crônicas de um ex Consultor, se você gostou, deixe um comentário que irei publicar outras histórias no futuro.

Bom pessoal, por hoje é só.

Abraços e até a próxima.

Dan_Atilio
Analista e desenvolvedor de sistemas. Técnico em Informática pelo CTI da Unesp. Graduado em Banco de Dados pela Fatec Bauru. Entusiasta de soluções Open Source e blogueiro nas horas vagas.

4 Responses

  1. Armando Neto disse:

    Excelentes causos…
    Lembro que um dos primeiros clientes que atendi, depois de fazer o CIDS, foi implantar um CNAB a pagar, sem ter visto nada no curso.
    Tudo configurado e testado em 2 dias.
    Boas lembranças quando a gente sai em campo.

  2. rafa_achoa disse:

    Hahahahaha, inabalável, também conhecido como matrix kkkkkkk ótima história Atilião , tmj!

Deixe uma resposta