O fim do Gordicez

Estava ensaiando diversas formas de escrever um aviso aos leitores, mas é isso… o projeto Gordicez terminou.

Sabe jovens, quando comecei o projeto Gordicez, em meados de 2016, eu estava em um processo de emagrecimento por causa de saúde, queria mostrar pontos por Bauru e região e divulgar lugares legais para sair com os amigos.

De lá para cá, conheci inúmeros lugares, fiz vários amigos, e experimentei diversos quitutes.

Porém, da metade do ano passado para cá, o projeto Gordicez veio se arrastando, às vezes eu publicava uma ou outra coisa, mas alguns fatores foram aparecendo para a diminuição do projeto, como:

  • O tempo e a dedicação de manter um projeto online ativo;
  • Hoje em dia, pessoas dificilmente procuram blogs de análises, geralmente recorrem ao Instagram ou YouTube para conhecerem novos lugares;
  • O iFood e derivados possuem inúmeros cardápios com detalhes fáceis e rápidos para serem acessados;
  • O Google e o TripAdvisor contam com inúmeras opções de avaliação, logo não fazia sentido o Gordicez.

Além desses pontos, quase 90% dos acessos do projeto vinham do Facebook, que mudou a sua política e derrubou páginas com poucos likes, tirando a página do Gordicez do ar.

Tudo isso acumulou, e me deparei com a seguinte pergunta, “Por que continuar?”… Assim sendo, decidi direcionar o tempo e esforços que eu tinha, para o Aperta o X e para o Terminal de Informação, que são dois projetos que ainda trabalho na redação.

Peço desculpas aos leitores do Gordicez, quero dizer que a experiência foi o máximo enquanto durou. Quero agradecer também a todos os amigos e familiares que conheceram o projeto e apoiaram, seja direta ou indiretamente.

Por enquanto, irei deixar a página ainda no ar disponível para consultas.

Caso alguém não conheça, o link é gordicez.com.

Obrigado por tudo jovens.

Daniel Atilio

Dan Atilio (Daniel Atilio)
Especialista em Engenharia de Software pela FIB. Entusiasta de soluções Open Source. E blogueiro nas horas vagas.

2 Responses

  1. rafa_achoa disse:

    Você é monstro, Dan! Acontece, mas saiba que o Gordicez fez parte da minha vida e me ajudou a conhecer vários lugares aqui de Bauru!
    Abração!

Deixe uma resposta