Crônicas de um ex Consultor – Como eu entrei na TOTVS

Até hoje eu lembro da entrevista, bons tempos…

Desde que eu sabia que queria trabalhar com computação, eu tinha vontade de trabalhar em duas empresas, ou na TOTVS ou na IBM, e assim foi passando o tempo. Quando ingressei no colégio técnico, eu tinha que fazer um estágio, e eu tentei em todas as empresas de Bauru, e todas negaram =/ rs…

Até que eu comecei a dar aula para algumas crianças em uma entidade assistencial aqui de Bauru, e o tempo foi passando. Eis que, meu irmão trabalhava em um cliente TOTVS, e ele tinha contato com alguns analistas como o Cravo, o Avalanche e também coordenadores de projeto como o Rubinho e o John Paul.

Professor?

Lá ele soube que abririam vagas, e uma delas era para estagiário em computação, e ele me avisou, e mandei um currículo.

A moça, vou chamar aqui de Senhora K, fez a entrevista comigo, e me passou uma prova de AdvPL. Olha jovens, eu programava em Java, C e até arranhava um C# e PHP na época, mas nunca tinha visto nada parecido com Clipper e AdvPL (talvez o mais próximo foi Pascal e olhe lá).

A maioria das respostas, eu lembro que coloquei “Eu não sei o que esse trecho faz, mas quero muito aprender”. E sai de lá com muita vergonha e tristeza, achando que tinha sido horrível.

Preciso de um emprego rs

Eis que em uma semana, a Senhora K, liga pra mim e disse que eu passei, e que se eu podia começar já em Outubro, eu gaguejei e disse que tudo bem, mas perguntei se eu podia trabalhar apenas a tarde, pois de manhã eu dava as aulas para as crianças, e queria permanecer, ai ela disse que não, que lá teria que ser de manhã e parte de tarde, ai jovens, eu disse que não daria então. Sim eu neguei.

Fiquei bem triste, e acabei entrando no MSN. Ai um amigo estava online, o Paulinho Pimenta, expliquei pra ele o ocorrido e ele com toda gentileza me disse.

“Ow Dani, você tá maluco? É a TOTVS mano, entra lá, liga lá agora senão vou te encher de porrada no CTI”

Alguém disse porrada?

Aquela frase delicada e motivacional me inspirou rs… E liguei na TOTVS, e falei para a Senhora K, se a vaga havia sido preenchida, ela disse que não, então perguntei se eu podia ainda entrar. Ela disse com certeza.

Galera, acho que foi um dos dias mais felizes da minha vida. Lembro que quando comecei, vi o Kaique, o Avalanche, o Ortolindo, o Zé Auriverde, o Rubinho, e tantos outros, todos com trajes sociais, e eu pensando “Mano, eu to na TOTVS!” rs…

Mas como eu tinha cumprido já o estágio no CTI, eu tive que abrir mão do meu diploma por 6 meses, para poder trabalhar na TOTVS. Mas realmente, aquela semana foi top e o aprendizado foi excelente.

Esse é um artigo da coluna, Crônicas de um ex Consultor, se você gostou, deixe um comentário que irei publicar outras histórias no futuro.

Bom pessoal, por hoje é só.

Abraços e até a próxima.

Dan Atilio (Daniel Atilio)
Especialista em Engenharia de Software pela FIB. Entusiasta de soluções Open Source. E blogueiro nas horas vagas.

Deixe uma resposta