Crônicas – O dia que caiu um raio no cliente

Quando a gente menos espera, acontece uma presepada.

Alguns meses depois de eu virar analista na TOTVS, eu e o analista Baguete, fomos viajar para uma pequena cidade aqui do interior.

Nesse local, iríamos atender algumas demandas, e da minha parte eu ia continuar tudo remotamente, então iria ser mais uma reunião de alinhamento das atividades.

“Reunião!”

Acontece que, ao chegar nesse local, o TI do cliente estava todo empolgado para nos mostrar a empresa, e começou a falar que o servidor deles era top, que haviam comprado faz pouco tempo, que tinha redundância, etc… Era uma baita de uma estrutura jovens.

Pouco tempo depois, quando nos sentamos para ligar os notes, eu comentei com o Baguete.

“Olha Baguete, acho que vou fazer um backup dos fontes do servidor pra minha máquina, como vou trabalhar remoto, ai fico com o projeto”

Que tal fazer um backup?

Mal eu sabia jovens, que essa decisão, iria pesar e muito no futuro. Passaram cerca de 2 a 3 semanas, eu estava ministrando um treinamento, se eu não me engano, do extinto Dev Studio, quando meu celular tijolão tocou, era o Baguete. E ele me falou

“Atilio, lembra lá do cliente XPTO que tinha o server parrudo e redundante? Rapaz caiu um raio ontem, e eles tinham backup de quase tudo, menos de advinha o que?”

Alô?!

Na hora eu já sabia que eram os códigos. Então acabei compactando o pacote e enviando para o Baguete via Skype.

E desde então, eu sempre falo para as pessoas, se não utiliza versionamento de fontes (como SVN e GIT), sempre tentem manter backups jovens, podemos nos surpreender.

Esse é um artigo da coluna, Crônicas, se você gostou, deixe um comentário que irei publicar outras histórias no futuro.

Bom pessoal, por hoje é só.

Abraços e até a próxima.

Dan Atilio (Daniel Atilio)
Especialista em Engenharia de Software pela FIB. Entusiasta de soluções Open Source. E blogueiro nas horas vagas.

2 Responses

  1. GilvanGR disse:

    Eu Gilvan aluno de curso de Rede de Computadores da Fatec Osasco nesses 3 semestres que já passamos a questão backup é palavra solta na língua dos professores. Parabéns pelo site Atilio, muitas coisas interessantes a gente aprende mesmo não estando no mercado de trabalho. Quando descobrir não pensei duas vezes em assinar a newssletter.

Deixe uma resposta