Crônicas – O dia que eu fiquei conhecido na TOTVS Bauru… por causa do Terminal de Informação

Hoje vou contar uma história inusitada, que aconteceu lá em meados de 2012.

Quando eu comecei com o projeto Terminal de Informação, lá em Agosto de 2012, a ideia era ter um lugar onde eu pudesse lembrar das coisas, já que memória não era o meu forte.

E assim, eu criei o projeto e comecei publicando sobre Linux e derivações de tecnologia. Acontece que, na TOTVS Bauru, tinha um grupo de e-Mail que disparava para todos os participantes da empresa, e lá eu divulguei que estava começando esse projeto, e que se alguém tivesse um feedback, seria bem-vindo.

Que empolgação

Foi interessante a recepção, um dos diretores me respondeu, o Rica, falou que gostava de Linux, que já tinha experimentado o SUSE (na época eu falava bastante sobre openSUSE). Alguns amigos como Kaique e o Rubinho também conversaram comigo.

Porém, como eu sempre fui de boa com todo mundo, também tinha na empresa aquela “panelinha” do fundão, no qual eu também fazia parte, e existia muita zoeira e amizade ali.

Turma do fundão

Eis que, eu saí para almoçar, e geralmente, eu e o Kaique íamos almoçar meio dia em ponto, e alguns consultores geralmente iam mais tarde, então eu estranhei que no Estância Grill onde estávamos, quando eu estava indo embora, todo mundo tava falando comigo do Terminal, e eu pensei, nossa ta bombando.

Quando cheguei na empresa que eu entendi. Um dos analistas, vou chamar ele aqui de Pequeno Pônei (apelido esse que o Hortolândia o chamava), mandou um email para mim e pra galera do fundão brincando, no tom do tipo, “Ou fera, já falei pra você, que você precisa de uma namorada” rs… apesar de eu achar engraçado e rir bastante (eu já namorava a nega na época, que hoje é a minha esposa), o analista esqueceu o grupo de e-Mails em cópia.

Verificando e-Mails

Logo a empresa inteira (diretores, comercial, analistas, programadores, etc) viu a brincadeira, e depois até o analista respondeu o email, pedindo desculpas, falando que foi uma brincadeira, que esqueceu de retirar o grupo do email.

Não sei se foi um empurrão ou não, mas depois desse dia o Terminal acabou ganhando um espaço na galera e eu só tenho a agradecer ao Pequeno Pônei.

Esse é um artigo da coluna, Crônicas, se você gostou, deixe um comentário que irei publicar outras histórias no futuro.

Bom pessoal, por hoje é só.

Abraços e até a próxima.

Dan Atilio (Daniel Atilio)
Especialista em Engenharia de Software pela FIB. Entusiasta de soluções Open Source. E blogueiro nas horas vagas.

6 Responses

  1. Rafael Rubin disse:

    Terminal de Informação, guia de referência sempre que precisamos de socorro. Parabéns pelo trabalho, Daniel!
    Ainda acho que precisa trabalhar melhor nesses pseudônimos…rs…

  2. rafa_achoa disse:

    Ali começava a disseminação do site mais brabo de advpl e demais artigos de desenvolvimento e dicas, de todos.

  3. Sergio Passerini disse:

    tb acho viu Rafa….kkkkkkkkk…. pequeno ponei….. queria saber quem é…….kkkkkkkk

Deixe uma resposta