Crônicas – A primeira vez que eu experimentei Alcaçuz (o doce)

Foi uma sensação incrível? Que gosto tinha? Saiba no Crônicas de hoje.

Para quem se lembra no fim dos anos 1990 e começo dos anos 2000, o SBT passava uma variedade de séries norte americanas de comédia, como Um Anjo Muito Doido, Um Maluco no Pedaço e Eu, a Patroa e as Crianças.

Pois bem, essa última série nos bombardeava de coisas da cultura norte americana, e tinha um doce chamado alcaçuz, que era basicamente uma tira vermelha.

Cena do seriado Eu, a Patroa e as Crianças

Eu sempre tive vontade e curiosidade de experimentar. Eis que um amigo meu que trabalhava na TOTVS Bauru, o grande Rubirex ia fazer uma viagem para a terra do tio sam, e ele perguntou se eu queria alguma coisa.

Pois bem, um Wii U? Um notebook? Um smartphone? Não, um pacote de alcaçuz.

Alcaçuz

Quando o Rubirex trouxe para mim, meus olhos brilharam, eu voltei a ser criança, cheguei em casa. Falei com a Nega (na época a gente nem era noivo ainda), e fomos experimentar. Eu não sei se é por causa de nós brasileiros herdarmos o gosto por coisas bem açucaradas devido a nossa herança portuguesa, mas eu achei bem sonso.

É como comer aquele tubinho da Fini só que sem o recheio doce, e a massa sendo menos doce também.

Ah oloko rs

Então o que eu aprendi com essa lição jovens, não ficar criando expectativas nas coisas. Se você tiver a oportunidade, experimente esse doce de alcaçuz (mas existem doces brasileiros bem melhores).

Esse é um artigo da coluna, Crônicas, se você gostou, deixe um comentário que irei publicar outras histórias no futuro.

Bom pessoal, por hoje é só.

Abraços e até a próxima.

Dan Atilio (Daniel Atilio)
Especialista em Engenharia de Software pela FIB. Entusiasta de soluções Open Source. E blogueiro nas horas vagas.

2 Responses

  1. Naiara Moreno disse:

    descreveu a minha sensação ohhh decepção viu, meu amigo que trouxe chega ficou sem graça, pq a minha decepção foi nítida

Deixe uma resposta