Crônicas – O dia que eu bombei em lógica de programação no CTI

O baque foi grande…

Um pouco antes de eu entrar no Colégio Técnico Industrial da UNESP em Bauru (que é através de vestibular e talz), comecei a fazer um curso de Web Design, mas eu não entendia nada de lógica de programação rs…

Então quando entrei no CTI e me deparei com o Pascal, foi uma quebra de mundos pra mim (principalmente pelo fato de eu mexer apenas com HTML). Como venho de escola pública, sempre tive notas boas… mas existe a primeira vez pra tudo rs…

Esse código não funciona

No primeiro bimestre tivemos uma prova de lógica de programação, e galerinha, eu bombei, não me lembro quanto foi que eu fechei, mas se eu não me engano foi algo como 3,5 (na época, o CTI a média era 6 para passar na matéria).

Fiquei arrasado, não contei pros meus pais, nem pros meus irmãos. Comecei a me questionar se realmente eu seria um bom programador um dia, para resumir eu tava mais triste que as músicas de “sofrencia” do Pablo.

“Você foi a culpada desse amor se acabar” (8) rs

Passando o período de tristeza, decidi que eu ia aprender Lógica, e não ia mais ficar de DP, nem de Exame de matéria envolvendo programação (menos Assembly, pois aquilo lá é o mal encarnado em um computador rs).

Eu ainda consegui fechar a matéria com média satisfatória e assim passei nela. Mas o que eu não tinha percebido, que eu tava estudando muito era Lógica, e não Pascal em si. Nas próximas matérias, começamos a ver linguagens como C#, Java, PHP e a minha favorita na época, o C puro (usando terminal Linux).

E para minha surpresa (e acho que dos professores também rs), eu que era um patinho feio, nas matérias de programação até que tava me saindo bem, com médias boas.

Dancinha da Vitória

Ai que eu percebi, que a cobrança dos professores, e principalmente no começo vermos a lógica, é que foi a base para a construção do meu intelecto na parte de programação. Ah, e hoje eu ainda sinto falta de fazer as provas de programação, escrevendo o programa em folhas de almaço nas provas rs… bons tempos.

Obs.: A título de curiosidade (da minha ingenuidade rs), como citei o curso de Web Design, eu fazia na extinta Apple Informática aqui em Bauru (surgiu através da Bit Company), ai uma vez eu perguntei para o professor se essa Apple Informática tinha haver algo com a Apple do Steve Jobs, o professor se segurou, e a sala inteira caiu na gargalhada rsrsrs.

Esse é um artigo da coluna, Crônicas, se você gostou, deixe um comentário que irei publicar outras histórias no futuro.

Bom pessoal, por hoje é só.

Abraços e até a próxima.

Dan Atilio (Daniel Atilio)
Especialista em Engenharia de Software pela FIB. Entusiasta de soluções Open Source. E blogueiro nas horas vagas.

4 Responses

  1. Jorge Orlando disse:

    É muito divertidas suas histórias. Gosto muito delas.

  2. Luis Felipe Oliveira disse:

    Essas escritas por você são sempre motivadoras! Acredito que todos nós já passamos por momentos em que repensamos se estamos no caminho certo ou mesmo se somos aptos a fazer algo. Obrigado por partilhar de suas vivências conosco, Daniel! Forte abraço!

Deixe uma resposta