Como inicializar uma partição automaticamente no boot de uma distro Linux

Como inicializar uma partição automaticamente no boot de uma distro Linux

Olá pessoal…

Hoje vou mostrar como inicializar uma partição do HD automaticamente ao iniciar uma distro Linux (OpenSUSE, Ubuntu, Fedora, Mint, etc), manipulando o arquivo fstab.


Pessoal, o arquivo que controla quais partições serão inicializadas com o sistema, é o fstab, dentro do diretório /etc/, é nele que ficam as informações para inicializar as partições de home e root por exemplo. O primeiro passo é fazer um backup desse arquivo, com o seguinte comando:

> sudo cp /etc/fstab /etc/fstab_bkp

Após fazer o backup, descubra qual o caminho da partição que deseja montar, pode ser feito através do comando:

> lsblk

Ou você pode abrir algum aplicativo que lhe mostre também os caminhos das partições, como o particionador do YaST (OpenSUSE).

Encontrando a partição via Particionador do YaST
Encontrando a partição via Particionador do YaST

Após descobrir o nome, agora vamos editar o arquivo, mas como root, para isso há 3 formas. A primeira é nas distros que utilizam Gnome, basta pressionar Alt+F2 e digitar gksudo gedit /etc/fstab. A segunda é nas distros que utilizam o KDE, basta pressionar Alt+F2 e digitar kdesu kwrite /etc/fstab. A terceira, é para manipular via modo texto no terminal Linux, ai depende de sua preferência em usar o vim ou o nano, abra o terminal e digite sudo nano /etc/fstab ou sudo vim /etc/fstab.

Abrindo o arquivo como Root
Abrindo o arquivo como Root

O conteúdo do arquivo tem 6 colunas, abaixo a explicação resumida de cada uma delas.

  • A primeira coluna do fstab representa o caminho da partição (ex.: /dev/sdb1, /dev/sda3)
  • A segunda coluna é o ponto de montagem (ex.: /mnt/apoio, /mount/Dados)
  • A terceira coluna é o tipo de formatação para o ponto montagem (ex.: NTFS, ext4)
  • A quarta coluna contém outros parâmetros, o padrão é utilizar defaults, no link de referências no fim dessa postagem há uma lista com os parâmetros possíveis
  • A quinta coluna define se usará ponto de restauração (1) ou não (0)
  • A sexta e última coluna, define se terá algum corretor de erros do disco automático, sendo que 2 = está ativo em qualquer partição que não seja a raíz, 1 = somente na raíz, 0 = desativada

Exemplo:

  [Partição]  [Montagem]  [Tipo]  [Parametros]  [Restauração?]  [Corretor?]
  /dev/sdb1   /mnt/apoio  NTFS    defaults      0               0

No meu caso, queria montar uma partição NTFS ao iniciar o OpenSUSE automaticamente, ficou da seguinte forma:

Exemplo de arquivo editado
Exemplo de arquivo editado

Bom pessoal, por hoje é só.
Abraços e até a próxima.

Referência: community.linuxmint.com

About Dan_Atilio

Analista e desenvolvedor de sistemas. Técnico em Informática pelo CTI da Unesp. Graduado em Banco de Dados pela Fatec Bauru. Entusiasta de soluções Open Source e blogueiro nas horas vagas. Autor do projeto Terminal de Informação, onde são postados tutoriais e notícias envolvendo o mundo da tecnologia.

4 comentários em “Como inicializar uma partição automaticamente no boot de uma distro Linux

    1. Boa noite Raul, tudo bem?
      Então na verdade não é difícil não, é até simples fazer o procedimento, basta olhar o último print que coloquei, e se ainda tiver alguma dúvida, basta ver o exemplo que deixei (coloque o caminho do disco, em seguida o ponto de montagem, em seguida o tipo do disco e em seguida parâmetros default).

      /dev/sdb1 /mnt/apoio NTFS defaults 0 0
      

      Qualquer dúvida, fico à disposição.
      Um grande abraço.

  1. Olá!

    Obrigado pela postagem.

    Rodei muito pra achar algo mais explicado mas só me resta uma pequena dúvida: meu sistema é um Manjaro Linux e quero montar automaticamente uma partição ext4 que uso como partição de dados pras duas distros que uso. Na outra distro (Mint) essa montagem automática é bem fácil de configurar, por interface gráfica mesmo.

    Aqui no Manjaro tenho que ir no fstab mas esse arquivo de configuração tem uma pequena diferença de seu exemplo. No lugar da primeira coluna ser o caminho da montagem, o Manjaro uma o padrão “UUID=……”. Já consegui essa identificação mas fiquei na dúvida se posso usar o caminho da montagem ao invés do UUID.

    Obrigado desde já.

    1. Boa noite Eduardo, tudo bem?

      Rapaz, nunca usei o Manjaro, em teoria seria para funcionar colocando o caminho, já que o Kernel é Linux, porém, recomendo fazer um backup antes do arquivo, e depois alterá-lo, pois vai que né rs.

      Um grande abraço.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: