A parceria entre SEGA e Microsoft no primeiro Xbox

A parceria entre SEGA e Microsoft no primeiro Xbox

Salve salve pessoal…

Hoje vou falar para vocês sobre a parceria entre a SEGA e a Microsoft, desde o Dreamcast até o catálogo de jogos para o primeiro Xbox.

Na transição de gerações do Super Nintendo para Nintendo 64, e do Mega Drive para o Sega Saturn, surgiu uma febre chamada Playstation da Sony, esse console conseguiu ter o licenciamento de seus jogos mais baratos, ser mais fácil o desenvolvimento do que seus rivais graças a Psygnosis, além de uma parceria com grandes desenvolvedoras (Namco, Capcom, Square, etc), o console estava se destacando e ganhando um grande lucro para a Sony.

Modem para Sega Saturn
Modem para Sega Saturn

Com isso, outras empresas começaram a olhar esse cenário e se interessar pelo mundo dos consoles, e uma dessas empresas foi a Microsoft do tio Bill Gates. Para a Microsoft não entrar sozinha nesse mundo, ela decidiu recorrer a parcerias, conversando com as 3 principais empresas, Nintendo, Sony e SEGA, ofertando o software do Windows e um suporte online, enquanto as outras empresas entrariam com o hardware.

Jogos feitos com Windows CE no Dreamcast era mostrado uma frase ao carregar o game
Jogos feitos com Windows CE no Dreamcast era mostrado uma frase ao carregar o game

Tanto a Sony quanto a Nintendo, não tinham interesse no projeto, já a SEGA, que vinha testando redes online no Mega Drive e no Sega Saturn, estava desenvolvendo dois projetos, o BlackBelt (SEGA da América) e o Katana (SEGA do Japão), o primeiro foi cancelado e o segundo se transformou no Dreamcast. A SEGA aceita a parceria da Microsoft, onde existiria um kit de desenvolvimento baseado no Windows CE e a interação online também seria baseada na rede da Microsoft.

No corpo do Dreamcast no lado direito, existia a referência ao Windows CE
No corpo do Dreamcast no lado direito, existia a referência ao Windows CE

Apesar da parceria, a SEGA ofertava seu kit de desenvolvimento nativo para as empresas, e poucos jogos foram lançados pelo kit de desenvolvimento do Windows CE, porém grandes empresas optavam por esse kit devido a fácil portabilidade ao PC (a Microsoft já tinha a ideia de unificar PC e Console lá atrás), jogos como os da série Rainbow Six, Resident Evil e Tomb Raider foram feitos com o kit do Windows CE. Apesar da SEGA indicar o kit de desenvolvimento nativo dela, para imprensa ela elogiava a parceria e suporte com a Microsoft.

Directxbox, protótipo do primeiro Xbox
Directxbox, protótipo do primeiro Xbox

Ao mesmo tempo que isso acontecia, a 3DO estava desenvolvendo um projeto chamado M2, que seria um baita videogame com suporte a DVD e MP3, mas como ela estava mal das pernas, ela vende a divisão responsável para a Samsung. Após um tempo, a Nintendo, se oferece para comprar essa divisão (CagEnt) da Samsung, pois a Big N finalizou a parceria com a Silicon Graphics (que ajudou a montar o Nintendo 64). Mas vendo tudo isso de longe, a Microsoft arremata essa divisão, e começa seu projeto com a divisão WebTV.

Protótipos do M2 da 3DO
Protótipos do M2 da 3DO

A intenção da Microsoft era criar um dispositivo que pudesse acessar recursos da internet na sala de estar (como ler eMails) e também ser uma central multimídia. Surge então o Playstation 2 (que fazia muito bem o papel de central multimídia). A Microsoft vendo isso, sabia que a Sony estava ganhando o mercado não só de consoles, mas de estar nas salas das pessoas com uma máquina que também pudesse ter recursos multimídia, assim ela toma a decisão de lançar um console, para bater de frente com a Sony, e assim ganhar espaços nas salas das pessoas, dessa forma nasce o conceito por trás do DirectXBox, uma caixa com a tecnologia DirectX para desenvolvimento de jogos.

Playstation 2, sucesso da Sony
Playstation 2, sucesso da Sony

Nesse período, a SEGA já havia gasto muito dinheiro, e não estava tendo o retorno esperado, assim ela anuncia que sairia do ramo de consoles, e daria suporte criando jogos para outras empresas (muitos acharam que realmente era o fim do mundo, afinal, Sonic viria para um console da Nintendo rs). Como uma das medidas para criação de bibliotecas diversificadas, a SEGA dividiu várias de suas franquias entre as 3 empresas, assim lançando jogos exclusivos para o Game Cube (como Billy Hatcher e Virtua Striker), para o Playstation 2 (como Shinobi e Virtua Fighter), porém para o console da Microsoft, teve uma infinidade de projetos, alguns que foram cancelados para o Dreamcast (Gunvalkyrie e ToeJam & Earl), jogos portados do Dreamcast sendo ports exclusivos para o Xbox (Shenmue 2 e Rent A Hero), assim como jogos desenvolvidos e publicados pela SEGA para o console da Microsoft.

Otogi, jogo feito pela From Software (Dark Souls) e publicado pela SEGA
Otogi, jogo feito pela From Software (Dark Souls) e publicado pela SEGA

Foram vários jogos feitos exclusivamente para o Xbox, abaixo uma lista dos jogos exclusivos lançados, portados ou publicados pela SEGA para o Xbox (sem contar os jogos de esporte como NBA 2K, e os jogos multiplataformas como Sonic):
– Crazy Taxi 3: High Roller
– Gunvalkyrie
– Iron Phoenix
– Jet Set Radio Future
– Otogi: Myth of Demons
– Otogi 2: Immortal Warriors
– OutRun 2 (não confundir com aquele OutRun 2006 Coast 2 Coast)
– Panzer Dragoon Orta
– Rent A Hero No.1 (também saiu para Dreamcast)
– Sega GT 2002
– Sega GT Online
– Shenmue 2 (também saiu para Dreamcast)
– Spikeout: Battle Street
– The House of the Dead 3
– ToeJam & Earl 3: Mission to Earth
Obs.: Cerca de 51 games foram publicados pela SEGA para o Xbox, desses 51, 15 foram os exclusivos citados acima.

Gunvalkyrie, jogo originalmente planejado para o Dreamcast, mas lançado apenas par ao Xbox
Gunvalkyrie, jogo originalmente planejado para o Dreamcast, mas lançado apenas par ao Xbox

Um dos motivos de eu comprar meu primeiro Xbox foi por causa de alguns desses jogos como Panzer Dragoon Orta, Toejam & Earl, Otogi e Gunvalkyrie (sem contar que joguei pra caramba o Crazy Taxi 3 rs).

Panzer Dragoon Orta, continuação da excelente franquia do Sega Saturn
Panzer Dragoon Orta, continuação da excelente franquia do Sega Saturn

Então jovens, tudo começou com uma parceria no Dreamcast, e resultou em um catálogo generoso de jogos para o primeiro Xbox, vamos ver agora com a retrocompatibilidade com o Xbox Original, se essas pérolas não irão ficar apenas no passado, mas também no nosso presente.

Referências:
windowscentral.com
gamespot.com
segaretro.org

Bom pessoal, por hoje é só.
Abraços e até a próxima.

About Dan_Atilio

Analista e desenvolvedor de sistemas. Técnico em Informática pelo CTI da Unesp. Graduado em Banco de Dados pela Fatec Bauru. Entusiasta de soluções Open Source e blogueiro nas horas vagas. Autor do projeto Terminal de Informação, onde são postados tutoriais e notícias envolvendo o mundo da tecnologia.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: