Análise – Tembo: The Badass Elephant

Análise – Tembo: The Badass Elephant

Salve salve pessoal…

Existe uma empresa famosa chamada Game Freak, que é a criadora dos games da franquia Pokémon, e ela se juntou a SEGA para a produção de um jogo de plataforma, Tembo: The Badass Elephant.


Aperta o X

Introdução

A história do game se passa em Shell City, onde ela é colocada em estado de emergência após um ataque das forças da Phantom. Sem muitas opções, General Krenman decide chamar a única opção que pode salvar Shell City, um elefante sedento por duas coisas, justiça e amendoins, o Tembo, o Elefante Badass.

Através dessa premissa é iniciado a história de Tembo, sendo que o jogo lembra bastante histórias de guerra dos games (como Contra), contendo uma pitada de humor.

O jogo é desenvolvido pela Game Freak (os mesmos responsáveis pela franquia Pokémon), sendo que eles já desenvolveram outros excelentes games de plataforma e ação como o Pulseman (Mega Drive) e o Drill Dozer (Game Boy Advance), e com o Tembo eles mostram mais uma vez que sabem desenvolver games criativos e divertidos.

Tembo correndo
Tembo correndo

Som

O game conta com músicas de ação que remetem a filmes como Rambo, porém e grande maioria delas, acaba passando despercebida, pois as harmonias após um tempo, acabam sendo esquecidas.

Tembo contra um tanque
Tembo contra um tanque

Os efeitos sonoros do game são bem executados, sendo que sempre no começo da fase, Tembo solta aquele bramido de elefantes, dando uma imersão ao título. Além disso, sons de tiros, destruições e coleta de itens são extremamente agradáveis.

Tembo o elefante batuta
Tembo o elefante batuta

O jogo está totalmente em Inglês, porém como quase não há diálogos, a história pode ser entendida tranquilamente com uma fácil percepção do que está acontecendo.

Gráfico

O gráfico do game tem o visual desenhado, com efeitos de profundidade em 3D, sendo que ele segue um padrão side scroller (rolagem de tela na vertical).

Brincando de boliche
Brincando de boliche

O jogo tem efeitos que lembram histórias em quadrinhos, similar ao Comix Zone do antigo Mega Drive. Por exemplo, ao correr com o Tembo, aparece a palavra BAD atrás dele, ou quando você destrói alguma coisa e aparece BOOM escrito, passando um ar de desenho mesmo para quem está jogando.

Animação dele correndo
Animação dele correndo

Outra coisa interessante nos efeitos gráficos, é que conforme você vai resgatando pessoas, elas vão ficando em cima do Tembo, até 10 pessoas sentam em cima do elefante, e o visual dele correndo, delas balançando os braços, é bem legal.

Controles

Os comandos do game são:
A – Pular (Se segurar o pulo ele tenta flutuar)
X – Correr
RT / RB – Soltar água
Analógico Esquerdo / Direcional – Movimentar o personagem

Soltando água em bolas de fogo
Soltando água em bolas de fogo

Os itens coletáveis são amendoins, que ao coletar vários, se ganha uma vida extra.

O game é bem fluído, e os controles são precisos, não notei bugs ou falhas na construção dos cenários e disposição das coisas, porém teve uma coisa que vira e mexe acontecia (pelo menos no Xbox One), que é a taxa de quadros cair, não era direto, mas em fases com muita movimentação, em alguns momentos existia esses pequenos delays.

Fases coloridas
Fases coloridas

Diversão

O jogo é extremamente divertido, mas existem dois pontos que cansam, o primeiro é o Loading inicial, que infelizmente, demora muito tempo, mas não é de todo ruim, afinal depois o game não apresenta nenhum carregamento (acho que é carregado tudo de uma vez para a memória).

Usando a tromba com mareta
Usando a tromba com mareta

O segundo ponto é a dificuldade, no começo do game ele é bem fácil e tranquilo, mas quando chega no último mundo, o negócio vira o cão chupando manga. Para vocês terem uma noção, eu tive que voltar nas primeiras fases para acumular vidas para enfrentar o último chefe (pode ser que eu seja ruim mesmo rs).

Assim como comentei nos controles, em alguns pontos chegam a acontecer slowdowns com pequenas quedas de quadro, notei isso acho que em 3 ou 4 momentos, ele não impacta diretamente na diversão, mas é algo a se notar.

A campanha do jogo leva cerca de 4 horas a 6 horas.

Outras informações

O game apesar de ser desenvolvido pela Game Freak que tem um histórico grande de parceria com a Nintendo, Tembo foi desenvolvido pela Game Freak, mas publicado pela SEGA. Até ai, tudo bem, afinal, ela já havia feito games com a SEGA antiga, mas o que intrigou os fãs, foi que Tembo por ser multiplataforma (PC, PS4 e XONE), não ganhou nenhuma versão para os consoles da Nintendo (na época o Wii U).

Marretando uma bola de boliche rs
Marretando uma bola de boliche rs

Preço

Na PSN, o jogo está R$ 30,99, Clique Aqui para saber mais.

Na Steam, o jogo está R$ 27,99, Clique Aqui para saber mais.

Na Xbox Live, o jogo está R$ 29,00, Clique Aqui para saber mais.

Vencendo os inimigos
Vencendo os inimigos

Considerações Finais

Tembo é um ótimo game de aventura, que lembra bastante histórias em desenho, é uma boa sugestão para ser aquele game de zerar de vez em quando (jogos de aventura com progressão assim, o fator replay é pequeno). Porém o jogo mesmo na dificuldade mediana pode ser difícil nas últimas fases.

Eu gostei bastante do game, e apesar de ser curto, entretém bastante, lembrando games da década de 90.

Bom pessoal, por hoje é só.
Abraços e até a próxima.

Aperta o X

About Dan_Atilio

Analista e desenvolvedor de sistemas. Técnico em Informática pelo CTI da Unesp. Graduado em Banco de Dados pela Fatec Bauru. Entusiasta de soluções Open Source e blogueiro nas horas vagas. Autor do projeto Terminal de Informação, onde são postados tutoriais e notícias envolvendo o mundo da tecnologia.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: