Qual é a melhor forma de se programar em um ambiente TCloud

No artigo de hoje, irei mostrar a melhor forma de se programar para um ambiente TCloud.

Alguns analistas possuem o hábito de utilizar a opção de Promover RPO, que basicamente é você substituir um repositório por outro.

Não há nada de errado em usar essa opção, porém para utilizar, precisa ter total cuidado e controle, para acabar não subindo um RPO desatualizado ou com funções em falta.

Para isso, a melhor forma de se desenvolver para TCloud, é desenvolver em base de testse e utilizar a geração de patchs e a aplicação delas em produção. Então é isso que será demonstrado no artigo de hoje.

  1. No VSCode, faça a compilação dos códigos fontes e realize os testes em base de desenvolvimento
  2. Após compilar, pressione Ctrl+Shift+P e procure por geração de patchs

Opção de Gerar Patch

  1. Na esquerda, pesquise pelo nome do arquivo fonte, e adicione para a direita

Escolhendo os fontes que entrarão para a patch

  1. Abaixo, selecione uma pasta para a geração da Patch, e define um nome para o arquivo

Definindo um diretório e um nome de arquivo para a patch

  1. Clique no botão Generate / Gerar
  2. Agora acesse o painel do TCloud no navegador
  3. Acesse o ambiente de produção, e clique no botão Aplicar Pacote

Botão de Aplicar a Patch

  1. Selecione o ambiente que você quer aplicar

Escolhendo o ambiente

  1. Clique no botão Enviar nova patch

Acionando botão de enviar nova patch

  1. Preencha título, arquivo e descrição e clique em Upload

Definindo um título, o arquivo e uma descrição para a patch

  1. Selecione a patch na navegação acima, e depois clique no botão aplicar (se tiver webservices, você pode selecionar a opção para reiniciar automático ou tem a opção para reiniciar manualmente)

Opção de aplicar a patch

  1. Clique agora em Ações Executadas, e você consegue acompanhar o progresso de aplicação da patch

Verificando a execução

Bom pessoal, por hoje é só.

Abraços e até a próxima.

Dan Atilio (Daniel Atilio)
Especialista em Engenharia de Software pela FIB. Entusiasta de soluções Open Source. E blogueiro nas horas vagas.

Deixe uma resposta